Impostos em Portugal correspondem a 37% do PIB

A carga tributária portuguesa corresponde a 37% do PIB nacional. Portugal é o 17º país que mais paga impostos no continente europeu.

Em tese os impostos são valores pagos por pessoas e instituições para que haja a plena funcionalidade de serviços e obras públicas como saúde, segurança, educação, rodovias, hospitais, portos, dentre outros.
Os impostos incidem sobre a renda e o património.

O valor da contribuição de Portugal pode parecer alto, mas esta abaixo da média da União Europeia.

A média total de impostos dos 28 países membros da UE corresponde a 39.9% de todo o PIB destes países.
Destes, apenas 8 países estão acima da faixa dos 40% de contribuição.

Segundo dados da Eurostat, os países que mais pagam imposto são França (47,9%), Dinamarca (47,6%) e Bélgica (47,5%).
Os países que menos pagam impostos são Irlanda (24,4%), Roménia (28,0%) e Suiça (28,1%).

O peso da carga tributária considerada isoladamente não possui correlação com a qualidade de vida dos países.
O que é pago é apenas um lado da moeda, o outro lado da moeda é a eficiência do estado em gerir os recursos.
Se o estado é extremamente eficiente, impostos são um excelente investimento no país.

A única certeza, no entanto, é que os impostos devem ser pagos.

O não cumprimento das obrigações fiscais pode levar empresas à ruína, independente da força dos empreendimentos, da sua lucratividade e da boa fé dos empreendedores.
Cumprir com as obrigações fiscais é o melhor dos caminhos para o sucesso financeiro. A boa gestão da fiscalidade assegura o funcionamento ético da empresa, evitando transtornos com os agentes tributários.

Esteja em dia com o fisco, caso a sua empresa não tenha condições de gerir as obrigações fiscais, estamos a disposição!

A tabela da Eurostat e os resultados do estudo realizado podem ser encontradas aqui.

Top
Usamos cookies para melhorar nosso site. Ao continuar a usar este website, você está dando o consentimento para que os cookies sejam usados. More details…